Escolha o tema para o próximo texto!

terça-feira, 29 de abril de 2008

CEF 06 de Ceilândia dá show de competência!

Ceilândia, 22 de abril de 2008

Mais um momento de reflexão sobre a Burnout em professores. Desta vez, a palestra foi realizada no CEF 06 de Ceilândia. A organização do evento contou com a competência de Flávia Avelino A. Cerqueira (professora de sala de recursos), Valéria Lopes (diretora da E.C. 06), Cecília Maria Amaral L. Almeida (pedagoga sala de recursos), entre outras profissionais da referida Escola.

Antes do evento foi servido um delicioso e farto café da manhã. Cada cadeira no auditório contava com papel, caneta e um bombom. O capricho e a dedicação da equipe organizadora foi notoriamente percebido por todos. Sem palavras!

Os ouvintes participaram atentos, anotando e esclarecendo suas dúvidas sobre o tema que, felizmente, ganha cada vez mais espaço no meio educacional.

Ao final do evento, Chafic Jbeili foi presenteado com uma linda e exuberante cesta de café da manhã, além de um belo estojo contendo uma caneta laser que certamente poderá ser vista nas próximas palestras.

O evento continuou com privilegiada sessão de autógrafos do livro “Superando o desânimo” e Chafic Jbeili agradeceu reiteradamente o carinho da recepção, tendo demonstrado encantamento com maestria técnica na organização do evento.

Parabéns a toda equipe organizadora e participantes deste evento especial!

terça-feira, 22 de abril de 2008

Saúde do professor: Cuidados com a voz


Problemas de voz
(Revista Nova Escola - ed. Abril/2008)

Principais problemas
Irritação, coceira e dor de garganta, cansaço ao falar, pigarro e a sensação de que a voz some e falha no decorrer do dia ou da semana, inflamação nas cordas vocais, laringite, nódulos nas cordas vocais.

Origem
O uso da voz por muitas horas seguidas, muitas vezes em tom elevado, pode causar danos sérios, somado ao excesso de trabalho reduz o tempo de descanso e lazer. As condições físicas de trabalho inadequadas, como salas de aula mal projetadas, ruído externo e interno a sala de aula, sala de professores com estrutura inadequada também são agravantes. Também é relevante dizer que falta de informações sobre cuidados com a saúde vocal na formação e atuação profissional.

Prevenção
* Evite concorrer com ruídos que exijam aumento na intensidade vocal (carros, aviões, retroprojetor, ventilador, entre outros).
* Evite sussurrar ou pigarrear.
* Não fale enquanto escreve na lousa (para não aspirar o pó de giz).
* Evite roupas pesadas e que apertem a região do pescoço e abdômen.
* Beba regularmente água, em pequenos goles, quando estiver dando aulas.
* Articule bem as palavras.
* Mantenha uma alimentação saudável e regular (evite comidas gordurosas, chocolate, café ou bebidas com cafeína, bebidas gasosas e cigarro; coma maçã para limpar o trato vocal).
* Na hora de acordar e levantar da cama, espreguice e faça alongamentos tentando relaxar. Utilize recursos em sala que aumentem a participação dos alunos e ajudem a poupar a voz.
* Tenha alguns intervalos para descansar a sua voz.
* Com orientação fonoaudiológica, faça exercícios de aquecimento e desaquecimento vocal.

Tratamento
Se tiver rouquidão ou outro dos sintomas por mais de 15 dias procure imediatamente um médico especialista para avaliação e tratamento específico. Doenças benignas costumam ser tratadas com fonoterapia e tratamento medicamentoso. A microcirurgia da laringe é indicada para a correção de doenças tumorais e nódulos.

Fontes: Fabiana Zambon, fonoaudióloga do Sindicato dos Professores de São Paulo (Sinpro-SP) e Jeferson Sampaio D’Avila, presidente da Academia Brasileira de Laringologia e Voz.

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Síndrome de Burnout em professores

15% dos professores da Região Centro-oeste sofrem de Burnout

Cartilha sobre burnout. Distribua!

Vídeo sobre burnout em professores (5 minutos!)