Escolha o tema para o próximo texto!

domingo, 9 de novembro de 2008

As bênçãos do tradicionalismo!

Por Chafic Jbeili

Ser quadrado, careta, certinho nos dias atuais é motivo de chacota. Veja como soam pejorativos os termos no início desta frase. Não imagina a importância que estas pessoas têm nas sociedades.

Bem, pesquisa recente revelou que o governo da Holanda, país onde recentemente foi liberado o uso da maconha e legalizada a prostituição, se arrependeu das medidas liberais adotadas e amarga degradação social com sérios prejuízos para os cofres públicos nas áreas de Saúde e Segurança, além de desestabilização econômica no setor imobiliário, sem falar no cerceamento à liberdade de seus cidadãos mais tradicionais que agora mudam de rua, bairro e até de cidade.

Ao contrário do que pensavam os governantes, a procura por entorpecentes aumentou ao invés de diminuir, elevando consideravelmente os índices de violência nas ruas onde funcionam pontos de vendas, aumentando o consumo de outros tipos de produtos e serviços pelo efeito da “venda casada”. Quem vai para comprar maconha, acaba comprando drogas mais fortes, bebidas, armas e utilizando os serviços de profissionais do sexo, potencializando a propagação de doenças sexualmente transmissíveis e a AIDS.

Se buscarmos na história antiga, veremos que não foram as guerras ou os piores inimigos de César que acabaram com Roma, mas a degradação social pela degeneração do tradicionalismo e a liberação da prostituição e da pedofilia. Nos escritos bíblicos temos o exemplo de Sodoma e Gomorra, cuja sociedade vivia em total depravação de toda ordem, a ponto de um Sodomita ter convidado um anjo de Deus para ter relações sexuais com ele. Qual foi o trágico fim destas duas importantes cidades.
Sabe-se, contudo, que o rigor social pode causar angústias, ansiedades e até depressão, entre outras psicalgias e distúrbios do comportamento.

É preciso equilíbrio, como tudo na vida!

Tanto o liberalismo quanto o tradicionalismo precisam estar na medida justa e adequada. Os extremos são prejudiciais em qualquer circunstâncias. Lembre-se que a diferença entre remédio e veneno está na dosagem.

Prefira o tradicionalismo moderado como estilo de vida e se alguém lhe chamar de quadrado, careta ou certinho, sinta orgulho ao invés de constrangimento, pois é por causa dos tradicionalistas que a sociedade brasileira ainda mantém alguma viabilidade econômica, política e sociocultural, incluindo os aspectos religiosos.

Apologias ao fim do casamento; à produção independente ou à não-gravidez; a banalização do almoço em família; o descaso com as festas tradicionais; a moda do “ficar”; a ausência de respeito às autoridades constituídas; os movimentos neoliberais oportunistas; a acentuação do individualismo material, onde cada pessoa tem o seu telefone, o seu computador, o seu quarto, a sua televisão, o seu carro etc; bem como a precoce iniciação de adolescentes à vida sexual são exemplos de tendências sociais ao liberalismo desenfreado que promove a degradação da sociedade.

É preciso pisar no freio e se você tem o poder de fazê-lo, então faça sem remorso!
Ser liberal é moderno, legal, mas são os tradicionalistas, amantes da ordem e da decência que garantem a sobrevida de toda a sociedade, inclusive dos próprios liberais, que na minha opinião são kamikases natos e não merecem a liberdade que reivindicam.

Ninguém tem o direito de consumir felicidade sem produzí-la.

Aos quadrados, caretas e certinhos o meu respeito, consideração e apoio. Aos liberais a minha tolerância e disposição de convivência pacífica.

Chafic Jbeili
Editor Chafic.com.br
(61)3377-9175 | (61)8490-3648
Brasília-DF | Brasil
www.chafic.com.br
chafic@chafic.com.br

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Prof. Chafic é eleito Presidente da Sopensar para o biênio 2009/2010.

Prof. Chafic é eleito Presidente da Sopensar para o biênio 2009/2010.

O psicanalista e psicopedagogo Prof. Chafic, como é conhecido, foi eleito nesta terça-feira (04/11/2008) como presidente da SOPENSAR – Sociedade de Informação e Apoio Multidisciplinar em Ensino-aprendizagem, para o biênio 2009/2010.

A Instituição foi fundada na capital federal em 2006 com o intuito de congregar profissionais das mais diversas áreas do conhecimento para oportunizar intercâmbio técnico multidisciplinar e oferecer a população reuniões periódicas no formato de escola de pais, além de grupos de apoio em assuntos sociais como depressão, estresse, síndrome de burnout, qualidade de vida, alimentação saudável entre outras.

Em sua sede, a equipe de técnicos realiza atendimento individual nas áreas de pedagogia, psicopedagogia, psicologia, psicanálise, fonoaudiologia, entre outras especialidades concernentes à promoção do bom desempenho escolar e acadêmico de seus assistidos.

A Sopensar efetiva parcerias com escolas públicas e particulares para a realização de palestras temáticas, por meio de contrato de convênio, beneficiando não apenas os alunos das escolas, mas pais, funcionários e também os próprios professores com descontos importantes para atendimento nas especialidades disponíveis.

A Diretoria Sopensar ficou composta da seguinte forma:
Presidente: Chafic Jbeili – Psicanalista e psicopedagogo;
Vice-presidente: Mariana Castilhos – Fonoaudióloga, especialista em linguagem, psicopedagogia e orientação educaional;
Diretora-técnica: Sonia Maria – Psicóloga, especialista em psicologia cognitivo-comportamental e orientação vocacional;
Diretora-pedagógica: Noélia Martins – Pedagoga, especialista em psicopedagogia clínica e institucional, mediadora de PEI.
Diretora-administrativa: Rosilene Jbeili – Secretária Executiva, especialista em arquivologia e rotinas administrativas.

Em seu discurso de agradecimento o Prof. Chafic afirmou emocionado: “Vamos criar o nosso jornal e divulgar informações importantes sobre Educação e Saúde para toda sociedade. Eu preciso contar com profissionais voluntários e doadores que possibilitarão a realização desta estratégia multidisciplinar de inquestionável relevância social”.

Para conhecer mais sobre a Sopensar acesse www.sopensardf.blogspot.com

Rosilene Jbeili
Secretária-Executiva SOPENSAR

sábado, 1 de novembro de 2008

Curso: Arquitetura da Mente: Id, ego e superego

Arquitetura da mente: id, ego e superego.
Entenda melhor o comportamento humano com as descobertas de Freud sobre o inconsciente e a dinâmica psíquica entre id, ego, superego e os mecanismos de defesa.

Investimento: Parcela única no valor de R$195,00, à vista ou parcelado, inclui apostila com questionário avaliativo, suporte e certificação.

Carga Horária certificada: 80 Horas/aula | Totalmente a distância.

Data de início: Início imediato à inscrição sem necessidade de esperar formar turmas. Você paga, preenche a ficha de inscrição e aguarda as orientações iniciais.

Tutoria e suporte: O tutor dos cursos a distância é o professor Chafic Jbeili - Especialista em Psicopedagogia Clínica pela FACETEN/RR; psicanalista clínico pelo Instituto IMPAR; autor do livro Superando o Desânimo; membro fundador da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática do Distrito Federal; professor convidado dos cursos de pós-graduação em Psicopedagogia e Docência do Ensino Superior do Instituto Educacional Multidisciplinar de Brasília – IMPAR; autor e tutor do curso Stress docente: A Síndrome de burnout em professores, ministrado pela Fundação Aprender e Portal Psicopedagogia OnLIne.

www.chafic.com.br

15% dos professores da Região Centro-oeste sofrem de Burnout

Cartilha sobre burnout. Distribua!

Vídeo sobre burnout em professores (5 minutos!)